Lifestyle

Fashion&Technology

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

De máquina fotográfica ao peito, numa passo super acelerado, lá consegui chegar (atrasada, depois de um sem número de voltas à procura de estacionamento), ao II Encontro de Bloggers, organizado uma vez mais pela nossa querida Joana Vilas Boas, no seu acolhedor espaço - Mercearia da Joana.

Foi lançado um tema super actual - "A eficácia do marketing digital nos blogs e nas marcas" - moderado pelo João Coutinhas, com a colaboração da marketeer Ana Canavarro. Ouvir alguém com um percurso interessante e com um discurso super simples, acessível e sem grandes formalismos, é sem dúvida uma experiência enriquecedora.

Uma conversa onde a troca de ideias, conhecimentos e experiências me permitiu ter novas perspectivas, fazer uma série de questões a mim mesma e levar com uma valente dose de inspiração!
Vou deixar-vos as ideias principais que captei desta conversa e que acho serem as mais importantes:

1) Marketing digital vs marketing tradicional - uma rivalidade sem sentido. Ambos se complementam e um não vive sem o outro.

2) Temos que aproveitar os recursos que temos à nossa disposição e acompanhar a evolução para os negócios cada vez mais online. No entanto, continua a haver um foco nas pessoas, e cada vez mais isto se torna importante. A tecnologia existe para nos ajudar e unir.

3) O "eu", está a transformar-se em "nós". Sim, é verdade que juntos somos capazes de muito mais e melhor, somos capazes de chegar mais longe. Negócios de áreas completamente opostas, podem complementar-se na perfeição. Não me parece um acaso a expressão: "Os opostos atraem-se". As pessoas estão cansadas de coisas iguais e que desaparecem num efeito flash. Gostam de ver algo novo, inovador, com propósito.

4) Trabalhar em conjunto e conseguir obter resultados que beneficiem uma comunidade inteira, é muito mais vantajoso e de uma satisfação pessoal incalculável, do que criar uma conta bancária, onde não cabem tantos zeros quando tiramos o ticket do multibanco. Ter um pequeno nicho, uma comunidade restrita, um público que reconheça verdadeiramente o valor do nosso produto, ultrapassa em milhas ter uma multidão de pessoas só porque causa impacto dizer que temos números infinitos de seguidores e/ou visualizações.

5) O consumo continua a ser muito importante, no entanto a forma como é feito está de facto em mudança. Está a atingir novas dimensões.

6) Há espaço para todos. Todas as ideias são bem vindas. Há montes de negócios por explorar e muitas formas de o fazer. Pelas partilhas que fui ouvindo, o problema não é criar o negócio, mas sim mantê-lo vivo e fazer uma gestão adequada de forma a evitar quebras. Não há problema nenhum em re-defenir ou mudar a ideia inicial e que deu origem àquele projecto, desde de que seja feito de forma coerente e que não se perca a verdadeira essência, a autenticidade.

7) É muita coisa para digerir, são mudanças que arrancam a alta velocidade, mas que nos acabam por levar sempre a ter que reunir um equilíbrio entre o ecrã e a dinâmica do mundo real.

8) Também caiu em cena o tema storytelling. Histórias curtas ou compridas? Isso não importa. Importa ter histórias autênticas e adequá-las aos meios que temos. O produto ou serviço que apresentamos tem mesmo que ter relevância para o consumidor. Ser vago, ser mais um igual a tantos outros não vai despertar qualquer interesse. 

9) Uma questão muito importante é a análise dos dados (e aqui declaro-me como culpada, não faço o trabalho de casa como devia). Devemos mesmo medir e avaliar os nossos dados, para sermos capazes de alinhar estratégias.
Tudo isto se aplica a qualquer negócio, mas falemos um bocadinho dos blogues - que, mesmo sendo para a maioria um hobbie, acaba por ser também um negócio. O blogue pode não ser o meu "paga as contas", mas, ao falar de determinado negócio/produto/serviço, estou a gerar números e a contribuir para o crescimento de outros. Não estou a trabalhar no meu negócio, mas sim na exposição de determinado produto feito por outros.

No mundo dos blogues, a diferença é que, na forma como comunico, há sempre uma história associada, há experiências que são relatadas, há sugestões, há um feedback e uma interacção. Não é uma comunicação restrita a números e vendas. Só porque não há um retorno pecuniário, não significa que não se trata de um negócio. Eu considero que o meu blogue evoluiu de uma forma tão inesperada, que já deixou de ser o tão aclamado passatempo e passou a ser uma paixão ainda maior que me tem deixado orgulhosamente feliz pela ajuda que tem dado a muitos projectos nacionais de se fazerem ver e ouvir com mais força. Isto também pode ser considerado negócio!

E como qualquer negócio exige trabalho, também um blogue envolve pesquisas intensivas, conhecimento de causa, estilo diferenciado, gestão de conteúdos, planeamento na publicação de posts, discursos genuínos e coerentes e uma capacidade muito grande de conseguir inovar, surpreender e fazer querer o nosso "produto". Eu (blogue) sou o negócio, o que faço na minha plataforma é o meu produto e quem o lê e consome é o meu cliente.

Na realidade é tudo igual mas diferente!
Os agradecimentos são muitos, a casa esteve cheia e isso leva-me a deixar um recadinho à Joana de que, vou ficar à espera de um próximo encontro :)

A todos os blogues presentes, foi super ter a oportunidade de os conhecer pessoalmente e a outros de os rever.
Às marcas Alma Braguesa, DonaClaRita, Embrace Inc., Gazelle Galerie Store, por nos mostrarem a força e garra com que agarraram os seus projectos e estarem ao nosso lado para nos mostrar que é possível.
Aos Dj's Emidio Meireles e Ricardo Melo, pelo som espetacular e boa onda.
O lanche vintage da Joana, para não fugir à regra, mais um vez de comer e chorar por mais!

Fiquei de tal forma absorvida na conversa, que quando dei conta, já o evento estava prestes a terminar e eu quase sem registo fotográfico. O que não vale ter gente espetacular à volta que me salva em momentos de aflição. Totalidade de créditos de imagem para César Martins e Mercearia da Joana!

OBRIGADA ;)

Até breve, continuação de uma excelente semana a todos os presentes e a todos os que estão desse outro lado!

Sem comentários:

Enviar um comentário