I'm Lovin' it #trend #sneakers

23 de fevereiro de 2018



 Há tendências que me deixam de sobrancelha levantada e reticente...
Esta não é definitivamente uma delas. Ténis grandes a reaparecer dos anos 90.


A-D-O-R-A-N-D-O!!!


Os ténis já ganharam a força toda em tudo que é conjugação de looks - do mais casual ao mais clássico - e ainda bem. Dão um ar super cool, são confortáveis, a solução para montes de gente que por algum motivo não pode de todo usar saltos e a opção perfeita para "correr" os dias na cidade.
A minha aquisição está feita! E por uma pechincha que eu própria já tinha perdido a esperança de conseguir.


Adorei o modelo da Mango (estes acetinados da imagem), que quando tentei comprar já estavam ESGOTADOS :(
Para quem já comprou online, sabe que há uma opção no site que nos permite receber um aviso quando o artigo já se encontra disponível. Assim foi, sempre com esperanças reduzidas, sem qualquer expectativa porque afinal já estamos em fim da época de saldos e as tendências têm sempre tendência a desaparecer rapidamente.
A minha persistência deu resultados e numa manhã qualquer, tinha um email de aviso com disponibilidade de artigo.

POW POW POW!!! - SORRISÃOOOO ;)

Podem sempre tentar a vossa sorte, basta clicar no link.


Ténis ultra confortáveis e que já não consigo largar.
Dia e noite, noite e dia...


Desse lado, o que acham desta tendência?

Por agora...
Quase quase a agarrar o fim-de-semana de sol!

Casa em construção! Parte II

21 de fevereiro de 2018
(Imagem via pinterest)

A escolha do T2 baseou-se muito no "amor à primeira vista" e também na qualidade da luz natural, graças às janelas enormes (estilo portadas).
Não é de todo a casa mais funcional - tem boa estética, no entanto falta de armários e espaço para arrumos - mas foi a casa que mais nos agradou, daí a decisão da escolha para lá viver.

Mas será possível disfarçar e contrariar as imperfeições e transformá-lá numa casa à nossa maneira?

Casa em construção!

19 de fevereiro de 2018

Juntos, pela primeira vez, embarcamos na aventura de dividir o mesmo espaço. O nosso T2 estava escolhido e mesmo sem termos todas as divisões completas, sabíamos que isso não era o mais importante e que a seu tempo tudo ficaria completo.
Já se passaram quase 5 anos e a realidade é que ainda existem divisões e pormenores por "fechar".
Por muito que queira e diga que me vou dedicar a esse assunto "casa em construção", o tempo acaba sempre por ser escasso e na verdade todas as divisões vão sempre ficando entregues a um modo "work in progress" constante.