Lifestyle

Hey men, hey boy!

quarta-feira, 22 de março de 2017

Inspirada pela temática do estilo masculino, deixo aqui algumas sugestões.
Tendências desta estação para homem, que até para mim me servem de inspiração pelo super conforto e descontracção. Há peças que facilmente as usava. Peças que conjugadas com algumas mais femininas originam o equilíbrio perfeito.


Sabemos que, nós mulheres somos grandes influenciadoras do estilo dos nossos homens. Seja para os pais, maridos, amigos, namorados, irmãos, é sempre bom andarmos a par destas novidades.



Confesso que estas ideias me têm sido bastante úteis. Tudo o que vejo, faço pesquisa imediata dos tamanhos mais pequenos. Eu sei que era suposto isto serem propostas de compras e dicas de estilo para eles, mas é tudo tão pintarola que não resisto e já tenho algumas peças debaixo d'olho ;)

Propostas SS17 Valentino

Estou a ficar cada vez mais fã deste estilo!

Effortless style ;)

A-D-O-R-O 

Mules

segunda-feira, 20 de março de 2017

Vamos falar de sapatos. De sapatos que já foram a onda dos anos 90. Em 2014 voltaram a fazer parte das apostas da moda e aqui estão eles outra vez.

It's the return of mules!!!

Confesso que o primeiro impacto não foi o mais feliz. A questão é que, tudo depende de como são usadas e olhando para estas ideias que invadem o street style nas semanas da moda, a coisa de repente já parece ultra cool. E será certamente um dos modelos mais in da próxima estação.

Tenho a certeza que há muita mulherada por aí fora que vai agarrar nesta tendência, juntar umas valentes doses de estilo e tornar este modelo numa verdadeira sensação.

Por aqui, ainda pairam algumas dúvidas mas, se há coisa que aprendi é que, NUNCA e SEMPRE são palavras altamente perigosas. Seja na moda ou noutra coisa qualquer.

Desse lado tudo a agarrar a tendência?

Ele, ela e o casaco

sexta-feira, 17 de março de 2017

Tudo a viver dias de calor extremo, roupa fresca e esvoaçante no corpo, sandálias nos pés e a aproveitar cada fim de semana como se fosse definitivamente o último dia de praia possível no ano e andava eu, uns meses à frente a imaginar como seriam vividos os dias de frio, a dois.

Couple Stories, remember? (aqui)

Quem me conhece, sabe perfeitamente a loucura que foi quando recebi o meu primeiro casaco da Embrace Inc. - de uma colecção muito especial com um significado cheio de força - "ROW", foi o nome escolhido pela marca para aquele modelo. E recebi, não por patrocínio ou colaboração, mas sim pelas mãos de alguém que partilha a vida comigo. Alguém que me conhece tão bem, que sabe que valorizo as surpresas inesperadas. Datas especiais somos nós que as fazemos.
Mas afinal o que é isto de partilhar uma vida comigo?

Bem, acho que posso contar uma breve história.
Não é fácil encontrar alguém disposto a isto, disposto a querer conhecer o meu verdadeiro "EU", a minha alma.

São maravilhosos os primeiros dias, meses até, quando duas pessoas se conhecem. É o encanto, o frio na barriga, o despertar das borboletas no estômago, as horas de sono reduzidas, a descoberta dos gostos comuns, é a paixão a acontecer. Um autêntico conto de fadas.
Até que surge a amor. O amor é outra coisa! O amor tem dois lados, tal como a vida: o bom e o mau.
Risadas, beijos à chuva, abraços apertados, silêncio no pôr-do-sol - tão bom :)
Chatices, lágrimas, saudades, dor - tão mau :(


A verdade é que já não se fazem amores como os de antigamente. Daqueles amores que nos fazem tomar as dores do outro, que nos fazem dar a volta ao mundo por um simples olhar de felicidade, que nos fazem acordar mais cedo para partilhar o pequeno almoço porque o outro é o primeiro a sair de casa, que nos fazem acordar vezes sem conta quando o outro está doente, que nos fazem tremer de cima a baixo sempre que alguma coisa menos positiva acontece, que nos continua a tirar fôlego quando chega a hora de regressar a casa, que nos faz enfrentar medos e fobias em prol da realização de um sonho do outro.

O amor é pintado de "cor-de-rosa", mas o "cor-de-rosa" não é a cor preferida de toda a gente. Assumir que somos capazes de nos adaptar ao mundo do outro, aos olhos desta nossa actual sociedade, é sinal de submissão. As pessoas têm vergonha de assumir que estão apaixonadas e que são capazes de se moldar para viver uma vida em comum. Isto não significa que temos que nos anular enquanto pessoas, muito pelo contrário, só mostra a grande capacidade que temos em ser flexíveis, de nos conseguirmos colocar do outro lado, que somos pessoas de bom senso.

O sol é maravilhoso mas também queima se não tivermos cuidado, as flores são lindas mas também podem causar alergias, um mergulho no mar é extraordinário mas também se pode tornar traiçoeiro. E o amor?
O amor é outra coisa!


Ninguém conhece ninguém, até ao aparecimento da primeira tempestade, dos primeiros raios de trovoada, da primeira prova de fogo - daquelas que nos deixam atordoados e desnorteados, das horas de aperto e aflição.
É aqui que descobrimos que se trata de amor. Um amor que enfrenta a tempestade connosco, que nos mostra que a trovoada não passa de um fenómeno da natureza, que nos mostra o sentido certo e nos orienta como uma bússola, que deposita no nosso peito o alívio e a confiança de que vai passar e correr bem.
Quando tudo parece virado do avesso, há a pessoa certa a cuidar de tudo.

E foi por irmos juntos ao chão que aprendemos das lições mais importantes da vida:
1) o amor é o maior super poder que existe. É o sentimento mais certo. Consegue transformar o que está errado em absolutamente certo, mesmo que para isso seja preciso passar pelo pior para depois chegar ao melhor;
2) ser feliz. Primeiro a minha felicidade, depois a tua e a nossa é garantida.

Soubeste encontrar o melhor de mim e ficaste disposto a conhecer o pior de mim.
Por isso gosto tanto da vida ao teu lado, das nossas rotinas, das nossas escolhas, das nossas quedas, dos nossos atritos e gosto mais ainda desta nossa vontade de nos querermos cuidar e proteger um ao outro.
Sei perfeitamente, sem qualquer ponta de dúvida que fui feliz sem ti, mas que sou muito mais feliz contigo. 

É a minha vez. E porque te conheço tão bem como tu me conheces sei que também valorizas as surpresas inesperadas.


Não tenho como descrever o meu êxtase quando decidi idealizar um casaco feito, única e exclusivamente para ti. Sem restrições, com total liberdade de transformar o imaginário em real.

Não sabia bem como mas tinha a certeza que seria perfeito.
Queria tudo mas ao mesmo tempo sabia que tinha que respeitar o teu lado mais reservado.
Tinha que existir um equilíbrio entre uma linha mais simples e clean e uma linha mais ousada e extravagante.

Foi bem mais fácil do que imaginei, porque tinha do meu lado o profissionalismo da marca que preza pela qualidade e conforto de cada cliente. Bastaram 15 minutos no máximo de conversa para chegarmos a uma conclusão.
Depois, foi só depositar TOTAL confiança no trabalho a desenvolver. Deixei o desafio do lado de lá.

O resultado final foi mais-que-perfeito. Ultra cómodo, uma qualidade espectacular, materiais suaves, cores a encaixar com o tom de pele e olhos (muito glaciar), detalhes perfeitos e precisos. Tudo super original, muito giro e com o máximo respeito pela tua personalidade mais reservada.
Encontrar um compromisso entre o clássico e o moderno, com detalhes especiais para fugir ao igual a todos os outros. O entusiasmo e a euforia era tal que aquilo que parecia missão impossível tornou-se na concretização de mais uma peça carregada de história e energia.

Quando fui fazer a prova do casaco, assentou que nem uma luva em mim, o que me deixou ainda num estado mais eufórico. Até o casaco vamos partilhar - eheheh :) Eu quero, ele não me deixa!


É apenas um casaco? Não valem mais os gestos diários do que os bens materiais? Mas quem disse que os gestos não fazem já parte? O casaco - com ENORME significado - vem complementar a partilha de uma vida, nem sempre fácil, em comum.

Não acredito no "para sempre", muito menos no "eterno", mas acredito e muito que nada é por acaso.

O amor é outra coisa!


P.S: Ainda tentei que ele fosse meu modelo por um dia, mas não consigo arrancar dele o lado reservado e discreto que insiste em preservar.

Casaco exclusivo Embrace Inc.
Modelo Filipe Pereira
Styling Nuno Magalhães
Colaboração fotografia César Martins

Na Palma da Mão

quarta-feira, 15 de março de 2017


Muitos cactos Na Palma da Mão! Terrários e suculentas também!

Mais um projecto que tenho o ENORME prazer de divulgar (já tinha falado aqui), mas agora a conversa é diferente e bem mais produtiva. Vamos conhecer a raiz desta história e continuar neste assunto do made in Portugal!


São duas amigas que conheci há uns anos atrás, num ambiente onde reina energia, boa disposição, saúde, vida, alegria, movimento - o ginásio ;)
E este projecto maravilhoso delas, encaixa exactamente no mesmo registo de ambiente em que as conheci.
Este trabalho que decidiram desenvolver juntas é o máximo, consegue gerar em nós um turbilhão de emoções e dos bons. Tal e qual como elas :)


Enquanto uma não percebia nada de plantas, e todas as que paravam lá em casa morriam, ou água a mais, ou água a menos, a outra tinha uma paixão por plantas, especialmente por suculentas. Haverá melhor motivo do que este para se unirem? Há, claro! Ambas adoram trabalhos manuais e decoração. Bingo!

Mas além disto, e depois de uma intensiva abordagem que fizeram a vários amigos - quase como se de um estudo de mercado se tratasse - descobrem que, a grande maioria, não tem tempo nem jeito para tratar de plantas, embora gostem de as ter na decoração interior das suas casas. Juntando estes ingredientes e após muita pesquisa sobre o mundo dos terrários, decidem arregaçar as mangas, meter as mãos na terra e fazer nascer este mundo que mais parece saído de um reino encantado.


Adoro a atmosfera, o espaço, o decor, a organização, mas acima de tudo, a energia e a paixão que depositam em cada um destes "vazinhos" extraordinários. É incrível como conseguem transmitir estas emoções virtualmente.
E a assinatura de marca inclui sempre muito amor, algum sol e pouca água!


Depois têm a capacidade de nos surpreender constantemente. Digam lá que esta edição especial Dia do Pai não é absolutamente irresistível?!!



Pode isto ou não, ser um presente bem giro, original e útil para tornar momentos ainda mais especiais?!!

Sugestões:

- Lembranças de casamento;
- O batizado do filho;
- O dia de aniversário;
- Uma festa temática ou de amigos...


Tive o privilégio de saber em primeira mão, que há umas novidades muito clean para chegarem em breve.
Dar vida ao nosso espaço é dar vida aos nossos dias.

Por tudo aquilo que vos falei até agora e porque está na hora de começar a treinar o "comprar nacional", já que motivos de orgulho não nos faltam, a minha encomenda já está feita. Então depois de saber o que aí vem, hummm - fiquem atentos desse lado.

Mais informações através das seguintes páginas:
Facebook Na Palma da Mão
Instagram @palmadamao.terrarios

"Vamos crescer juntos?"

créditos imagem | Na Palma da Mão

Men Style Finally

segunda-feira, 13 de março de 2017


Finalmente um post ao estilo dos homens - acho que desde o início do blogue só fiz um.
Mas, se é para fazer então que seja em GRANDE.

Faço-o por vários motivos e deixo aqui um top 3:

1) há pedidos desse lado e este é O motivo que merece a máxima dedicação;
2) Março é um mês com dias muito especiais. Entre o Dia da Mulher e a chegada da Primavera, há também o Dia do Pai - quem não precisa de umas sugestões?!!;
3) está mais do que na hora de começar a dar destaque e deixar opções giraças a esta rapaziada - e não são assim tão poucas.


Depois desta introdução, como já devem calcular o post de hoje é completamente masculino, original, especial e...MADE IN PORTUGAL!

É por causa deste "dar de mim", deste meu êxtase em descobrir tudo o que há de novo, deste meu sentido de curiosidade, desta minha "cara de pau" de ir bater à porta e pedir para conhecer, que tenho encontrado pessoas extraordinárias, sítios encantadores, jovens extra talentosos escondidos e, graças a isso tenho conseguido desenvolver um trabalho SUPER deste lado. Um trabalho que tem chegado a um nível de superação jamais imaginado.


A primeira vez que vi o Filipe a desfilar - 1) fiquei de queixo caído; 2) deixei escapar uma série de UAUSSSS; 3) algum dia eu tinha que conseguir trabalhar com ele, nem que fosse para fazer uma única foto, mas seria exclusiva.

Aqui está!!!


Este resultado final estrondoso foi fruto de uma colaboração impressionante com a nossa querida e fabulosa marca Embrace Inc. que está em super evolução e a dar que falar - SO PROUD; o Filipe Pereira como modelo - jovem extra talentoso escondido, pelo menos até agora; o Nuno Magalhães na ajuda do styling - tão divertido e um amor de pessoa; e o César Martins com uma mega ajuda nas fotografias - tem um jeitão para fotografar, ah pois é!
   

E ainda há mais :)

Fica este post de introdução e esta semana volto a falar deste assunto.

Fiquem atentas!
E atentos, claro ;)